Audição distingue homem do chimpanzé

Divergência genética da audição permitiu a fala humana

17 dezembro 2003
  |  Partilhar:

A comparação dos genomas do homem e do chimpanzé sugere que a fala humana resultou de uma divergência genética que afectou a audição, o que não aconteceu com o chimpanzé, refere um estudo divulgado na semana passada.Este estudo comparativo do património genético do homem e do chimpanzé, idêntico em 99 por cento, mostra que certos processos, como a audição e o olfacto, evoluíram mais rapidamente nos seres humanos, segundo trabalhos publicados pela revista Science.Os genes responsáveis por estas funções poderão por isso explicar em parte por que razão os chimpanzés e os seres humanos são tão diferentes, segundo o investigador Andrew Clark, da Universidade de Cornell em Ithaca (Nova Iorque), cuja equipa sequenciou mais de sete mil genes do chimpanzé antes de os comparar aos mesmos genes nos seres humanos e nos ratos.Os investigadores tentaram estabelecer que diferenças genéticas se devem ao acaso e que diferenças se devem à selecção positiva, isto é, as que permitem uma evolução benéfica de geração em geração. Descobriram ainda que vários genes implicados no desenvolvimento da audição parecem ter sofrido uma evolução positiva no homem.Possivelmente, segundo os investigadores, o desenvolvimento da linguagem nos seres humanos terá resultado de um aperfeiçoamento da acuidade auditiva.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.