Aterosclerose revertida de uma só vez

Estudo apresentado no congresso da Associação Americana do Coração

16 maio 2018
  |  Partilhar:
Um novo estudo demonstrou que a injeção de nanofibras sintéticas em ratinhos ajudou a dissolver a placa que se acumula nas artérias típica da aterosclerose. 
 
Atualmente, os tratamentos usados para a esclerose, como as estatinas, apesar de controlarem a doença não a conseguem reverter.
 
O estudo conduzido por uma equipa de investigadores liderados por Neel Mansukhanda da Faculdade de Medicina da Universidade Feinberg, EUA, propôs-se desenvolver uma nova terapia não invasiva e não cirúrgica que atuasse sobre as paredes e vasos sanguíneos, com nanofibras desenvolvidas em laboratório.
 
Para o estudo, a equipa manipulou geneticamente ratinhos para terem aterosclerose e depois alimentou os com uma dieta rica em gordura durante 14 semanas.
 
Após as 14 semanas, alguns dos ratinhos foram injetados com as nanofibras e outros com uma solução salina, duas vezes por semana, durante oito semanas.
 
Os efeitos das nanofibras foram visíveis logo após 24 horas, mantiveram-se durante 72 horas e desapareceram no espaço de sete a 10 dias.
 
No período do tratamento de oito semanas, a placa nos ratinhos-macho diminuiu em 11% e em 9% nos ratinhos-fêmea. Os autores explicaram que as nanofibras contêm uma sequência chave de aminoácidos que dissolve o colesterol.
 
Apesar de os resultados serem promissores, os autores afirmaram que os achados foram apenas preliminares e que são necessários mais ensaios antes de se conduzir experiências do método inovador sobre humanos.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar