Astronautas regressam a Terra com menos sangue

Mais relaxamento e mais exercício físico podem ser soluções para o problema

02 março 2005
  |  Partilhar:

 

 

Os astronautas regressam a Terra com menos sangue nas suas veias e artérias depois de uma viagem espacial, concluiu uma investigadora do Hospital Universitário de Amesterdão, Janneke Gisolf.
 

 

A cientista, cuja tese de doutoramento foi financiada pelo Instituto Nacional do Espaço na Holanda, investigou, entre outras, a influência da força de gravidade sobre a pressão e a circulação sanguíneas.
 

 

Cinco astronautas, entre eles o holandês André Kuipers, que já viajou até à Estação Espacial Internacional (EEI), submeteram-se a um teste no Hospital Universitário, dias antes de serem enviados ao espaço.
 

 

Pouco depois de terem regressado da missão, os astronautas foram submetidos a um teste idêntico, desta vez no Centro de Treino de Cosmonautas Yuri Gagarin, na Rússia.
 

 

A investigadora também constatou que, após um período de habituação na Terra, os níveis sanguíneos recuperam os seus valores normais.
 

 

Para a cientista, com base nos resultados obtidos, é possível «pensar em medidas que tornem mais confortável o regresso dos astronautas à Terra, por exemplo mais relaxamento e mais movimento no espaço», algo semelhante a «fazer exercício no espaço».
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.