Associação Nacional das Farmácias quer criar empresa financeira de créditos

ANF aguarda autorização do Banco de Portugal

06 janeiro 2006
  |  Partilhar:

 

A Associação Nacional das Farmácias (ANF) candidatou-se junto do Banco de Portugal à criação de uma empresa de intermediação financeira, o que lhe permitirá continuar a ter um papel-chave na intermediação das dívidas do Estado às farmácias e alargar a sua acção ao sector da distribuição grossista de medicamentos.
 

 

Deste modo, e segundo o acordo assinado com o Ministério da Saúde e que vigorará até ao final deste ano, a ANF torna-se credora do Estado porque, recorrendo à banca, adianta mensalmente às farmácias os montantes por elas suportados quando os utentes adquirem medicamentos comparticipados. O valor das comparticipações é depois pago pelo Ministério da Saúde à ANF, acrescido de juros bancários.
 

 

Fonte: Público
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.