Associação de Deficientes condena ironias sobre Sousa Franco
04 junho 2004
  |  Partilhar:

A Associação Portuguesa de Deficientes condenou na semana passada as afirmações de dirigentes do PSD e do PP que tentaram ridicularizar características físicas do cabeça de lista do PS às europeias, considerando que promovem a «intolerância».Em comunicado, a Associação Portuguesa de Deficientes (APD) manifestou «profundo repúdio e condenação pelo facto de elementos da coligação "Força Portugal" se terem servido de características físicas para depreciar um seu opositor».O líder da Juventude Popular, o deputado João Almeida, referiu-se a Sousa Franco como um «senhor careca, de óculos grandes e esquisitos», no comício de abertura da campanha da coligação «Força Portugal».No passado domingo, a candidata social-democrata Ana Manso considerou Sousa Franco «um homem sem categoria», sublinhando que não tem essa opinião «por lhe faltar alguma coisa em termos físicos».Para a Associação Portuguesa de Deficientes, «dirigentes políticos para quem uma determinada característica física é digna de nota, negativa, infira-se, não merecem a confiança de grupos de cidadãos que dia a dia lutam para que todas as pessoas sejam reconhecidas enquanto seres humanos dignos de todo o respeito».Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.