Assistentes sociais são cada vez mais solicitados

Alerta da Associação dos Profissionais de Serviço Social

18 outubro 2012
  |  Partilhar:

Os assistentes sociais são cada vez mais solicitados para prestarem apoio a serviços como hospitais e universidades, alertou a Associação dos Profissionais de Serviço Social.
 

A presidente da Associação dos Profissionais de Serviço Social, Fernanda Rodrigues, referiu que apesar do reforço de 17 milhões de euros para a ação social proposto em Orçamento de Estado para o próximo ano, este aumento poder não ser suficiente tendo em conta a situação atual.
 

"Os assistentes sociais que estão na linha da frente estão sobrecarregados. Assistem diariamente a inúmeros casos de quem está a passar por muito sofrimento. As informações que nos chegam de todo o país chamam a atenção para uma realidade que parecia impensável há tão pouco tempo”, revelou à agência Lusa, Fernanda Rodrigues.
 

Para a presidente, só se conseguirá perceber se o orçamento para a ação social será suficiente quando se conhecer o universo de pessoas abrangido pelos serviços.
 

“Espero que não estejamos perante um orçamento maior que depois será dividido por um número infinitamente maior de pessoas. É preciso saber qual a proporcionalidade entre o aumento de recursos e as carências”, salientou Fernanda Rodrigues, lembrando as previsões que apontam para um agravamento da crise económica e o aumento do desemprego.
 

Nas universidades, os serviços de ação social são diariamente visitados por estudantes em dificuldades. Nos hospitais, o trabalho dos assistentes sociais também parece não ter fim: “Nos serviços de saúde, (os técnicos) estão preocupados com os inúmeros casos de pessoas que não conseguem garantir transporte ou comprar medicamentos. Os assistentes sociais reportam situações gravosas daquilo que parecia não ter rosto, que são os números da pobreza, mas que nestes serviços têm. É um problema generalizado”.
 

A situação também é preocupante em muitas instituições sociais que “estão a ficar empobrecidas e sem capacidade para dar resposta”: “Todas as instituições que têm porta aberta, e a mantêm, reportam situações de grande gravidade”, acrescentou.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.