Asma e alergias ao pólen

Cientistas identificam enzima responsável

08 agosto 2005
  |  Partilhar:

 

Uma enzima - que interage com as células das vias respiratórias - ajuda a despoletar alergias e asma.
 

 

Investigadores afirmam ter identificado a chave principal no processo de inflamação respiratória severa, decorrente da alergia e dos ataques de asma relacionados com o pólen.
 

 

Numa investigação feita em ratinhos nos laboratórios da University of Texas Medical Branch at Galveston, EUA, descobriu-se que o dano causado por moléculas hipersensíveis (quimicamente conhecidas como espécies reactivas de oxigénio) contribui enormemente para a resposta.
 

Estas moléculas são criadas por interacções entre células - que revestem as vias respiratórias - e uma enzima única, portadora de pólen.
 

 

Se encontrarmos um método efectivo para reduzir este «stress oxidativo» poderemos chegar a novos medicamentos e tratamentos contra a asma e alergia, segundo a equipa do Texas que publicou o estudo no início de Agosto no Journal of Clinical Investigation.
 

 

«Tem havido muita discussão sobre o agravamento da asma e das alergias por stress oxidativo, mas esta é a primeira prova efectiva de que o stress oxidativo induz a uma forte inflamação, e a primeira demonstração de que uma das fontes deste stress está mesmo no pólen», disse em declaração preparada Istvan Boldogh, professor associado e um dos autores principais do estudo.
 

 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.