As pessoas também hibernam

Depressão de Inverno está ligada a ciclo da melatonina

21 janeiro 2002
  |  Partilhar:

A depressão que atinge muitas pessoas durante as longas noites de Inverno pode ser desencadeada pela alteração dos níveis de melatonina, hormona produzida naturalmente pelo organismo humano, a qual desempenha um papel protector dos neurónios.
 

 

Segundo um estudo norte-americano feito pelo Instituto Nacional de Saúde Mental, em Bethesda, Maryland, as pessoas com distúrbio afectivo sazonal (DAS) alteram instintivamente os níveis de melatonina (apresentam uma maior produção no Inverno que no Verão) de acordo com as estações do ano, um mecanismo semelhante aos padrões de hibernação dos mamíferos.
 

 

Essa diferença, no entanto, não acontece a quem habita em locais onde os dias são mais longos e as noites mais curtas, indicaram os resultados. A denominada "depressão de inverno" é um distúrbio psiquiátrico que surge durante essa estação do ano, quando há uma redução natural no período de luz do dia. Nos humanos, o distúrbio parece reproduzir o comportamento exibido por animais que hibernam, pois ocorre aumento do sono e redução do nível de actividade.
 

 

Herança evolutiva
 

 

A melatonina é um hormona produzida pela glândula pineal em resposta à escuridão nocturna. Esta hormona promove o sono e ajuda a regular o relógio biológico. Os mamíferos hibernam quando o cérebro responde ao aumento da produção fisiológica dessa substância.
 

 

Estudos anteriores sugeriram que as pessoas com este problema não conseguem usar a luz artificial para ajustar seu relógio biológico e, por esse motivo, permanecem susceptíveis ao ritmo sazonal de redução dos períodos de luz natural durante o Inverno.
 

 

Neste trabalho, os cientistas verificaram que as pessoas saudáveis eram imunes às alterações na luz natural, e os níveis de melatonina permaneceram estáveis nas duas estações. Entretanto, quem tinha depressão de inverno apresentou uma redução moderada do tempo de produção da hormona durante o Verão.
 

 

"Estamos perante a nossa própria herança evolutiva", considerou afirmou Thomas A. Wehr, coordenador do estudo e psiquiatra do Instituto Nacional de Saúde Mental, em Bethesda, Maryland.
 

 

Os resultados também sugerem que os medicamentos destinados a reduzir o tempo de produção de melatonina podem ser efectivos no tratamento desses pacientes. "Qualquer coisa que se possa fazer para manipular os sinais da melatonina pode ser útil para a terapia da depressão sazonal", explicou o especialista.
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI - Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.