Artérias de ex-fumadores demoram 10 anos a voltar à normalidade

Trabalho publicado no “Journal of the American Heart Association”

21 março 2007
  |  Partilhar:

 

Os ex-fumadores parecem recuperar a flexibilidade normal das artérias cerca de dez anos após deixarem o vício, revela um estudo publicado no “Journal of the American Heart Association”.
 

 

A pesquisa, realizada com 554 pessoas com uma média de idade de 47 anos, dividiu os analisados em três categorias: fumadores (150), ex-fumadores (136) e os que nunca fumaram (268). "Também classificámos os ex-fumadores em função do tempo que passou desde que abandonaram o tabaco: menos de 12 meses, entre um ano e 10 anos e mais de 10 anos", explicou Noor Ahmed Jatoi, investigador do Saint-James Hospital, da Universidade de Dublin.
 

 

Os investigadores avaliaram o grau de rigidez arterial (Arteriosclerose) e constataram que as pessoas que fumam ou deixaram de fumar há menos de um ano têm artérias muito mais rígidas que as dos não-fumadores. Entre os ex-fumadores, a melhoria do grau de flexibilidade das artérias está directamente ligada ao tempo de abstenção.
 

 

No estudo foi notada uma certa melhoria progressiva após um ano sem fumar e o retorno aos níveis normais de flexibilidade das artérias após 10 anos de abstenção. "Os resultados deste estudo confirmam que deixar de fumar é um passo importante para melhorar o estado de saúde e prolongar a vida", assinalam os autores da pesquisa. "O tabagismo constitui um risco importante, não apenas no que se refere ao Cancro do Pulmão, mas também ao Enfarte do Miocárdio e AVC", destacou Noor Ahmed Jatoi.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.