Arroz com genes humanos pode ser aprovado nos EUA

Notícia gera polémica

19 março 2007
  |  Partilhar:

 

O primeiro alimento geneticamente modificado com genes humanos está prestes a ser aprovado para produção comercial nos EUA. O arroz produzido em laboratório tem algumas proteínas encontradas na saliva e no leite materno. E a empresa pretende ampliar o uso destas proteínas em bebidas, sobremesas, iogurtes e barras de cereais.
 

 

De acordo com os cientistas da empresa responsável pelo desenvolvimento do produto, a Ventria Bioscience, a proteína retirada do novo arroz pode ser usada no tratamento da diarreia infantil, uma das maiores causas de morte nos países em desenvolvimento.
 

 

O United States Department of Agriculture (USDA) já mostrou interesse em aprovar o cultivo comercial deste tipo de arroz.
 

 

Os produtores do arroz têm aprovação preliminar para plantar cerca de 12 mil quilómetros quadrados no Kansas.
 

 

O arroz é o primeiro passo na chamada "comida Frankenstein", a primeira a misturar genes de origem humana. No entanto, grupos de defesa do consumidor a este tipo de novo alimento contestam a notícia. O GeneWatch UK, que monitoriza novos alimentos geneticamente modificados, descreveu o produto como "muito perturbador". O investigador Becky Price alertou para o facto de existirem “muitos riscos muito, muito graves para a saúde e as pessoas devem estar cientes disso".
 

 

MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.