Arroz adulterado na China alarma consumidores
02 agosto 2001
  |  Partilhar:

O Ministério da Saúde da China emitiu uma circular de emergência para advertir a população para a venda, em algumas regiões do país, de arroz adulterado com rótulos de marcas estrangeiras.
 

 

As autoridades sanitárias da província de Guangdong, sul da China, já confiscaram 308 toneladas de arroz de má qualidade de 42 marcas comerciais.
 

 

O referido arroz foi processado com produtos que contém níveis excessivos de aflatoxina B1, que é cancerígena e representa uma grave ameaça para a saúde no país mais povoado do mundo, onde a base da alimentação é o consumo deste cereal.
 

 

Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar