Aromaterapia pela Internet

Cibernautas poderão sentir cheiros nas páginas da web

18 janeiro 2005
  |  Partilhar:

Se podemos jogar, comprar e até namorar pela internet, então, por que não cheirar o perfume que mais lhe apetecer?Um novo serviço, que começou a ser testado pela empresa de comunicações japonesa NTT, é capaz de enviar aromas relacionados com aquilo que está no ecrã. A empresa considera o sistema um produto de aromaterapia, uma forma de testar incensos ou apenas um meio para o utilizador se divertir.Numa versão de teste, demonstrada numa loja da especialidade em Tóquio, o equipamento _que faz lembrar uma bola de cristal com um pequeno tubo _ foi capaz de lançar 36 aromas diferentes. Entre os aromas, há o de eucalipto, sândalo e manjericão.Este aparelho também poderá ser ligado aos notebooks. O aroma recebido virá de um servidor central e exalará perfumes relacionados com os dados que está a receber. Por exemplo, se o utilizador inserir a data de nascimento, a bola de cristal é controlada electronicamente para produzir e soltar o aroma correcto para o signo do aniversariante. Os nativos de peixes, por exemplo, sentirão o cheiro de lavanda e limão.O aparelho e o software responsáveis por simular um cheiro real foram desenvolvidos por outra empresa japonesa, a Mirapro, que constrói componentes para máquinas usadas na fabricação de chips de computadores.De acordo com profissionais da NTT, ainda não foi definido o custo do produto ou se será comercializado em outros países além do Japão.Traduzido e adaptado por: Paula Pedro Martins Jornalista MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.