Arginina presente em alimentos pode combater obesidade

Estudo publicado no “Journal of Nutrition”

18 fevereiro 2009
  |  Partilhar:

A arginina, um aminoácido presente em frutas como a melancia e nozes, pode ajudar a combater a obesidade, revela um estudo publicado no “Journal of Nutrition”.
 

 

Uma equipa da Texas Agricultural and Mechanical University (A&M), em College Station, EUA, liderada por Guoyao Wu, descobriu que ratos de laboratório alimentados com dietas com elevadas doses de gorduras, mas complementadas com o aminoácido arginina, durante um período de 12 semanas, apresentaram uma redução da gordura corporal em cerca de 60%.
 

 

Noutros testes, realizados em porcos, os investigadores observaram que a arginina reduzia o crescimento da gordura corporal enquanto aumentava o ganho muscular, sem afectar o peso.
 

 

O estudo mostrou que os benefícios metabólicos da arginina podem estar relacionados com a capacidade de estimular o processo bioquímico de síntese de proteína muscular e de reduzir as concentrações séricas de aminoácidos de cadeia ramificada. Altas concentrações séricas de aminoácidos estão relacionadas com maiores níveis de resistência à insulina.
 

 

De acordo com o estudo, a arginina está também presente em mariscos, sementes, algas, carnes, concentrado de proteína de arroz e proteína isolada de soja.
 

 

Os investigadores sugerem que, no futuro, se podem vir a desenvolver bio-alimentos que apresentem um reforço do aminoácido.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.