Apneia obstrutiva do sono associada a acidente vascular cerebral

Estudo publicado no “American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine”

11 abril 2010
  |  Partilhar:

A apneia obstrutiva do sono está associada a um risco aumentado de acidente vascular cerebral (AVC) em indivíduos do sexo masculino de meia-idade e idosos, de acordo com novos resultados publicados no “American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine”.

 

A apneia obstrutiva do sono é um distúrbio respiratório do sono que se caracteriza por episódios repetidos de interrupção da respiração durante o sono.

 

Neste estudo, conduzido em nove centros médicos nos EUA, os investigadores do “Sleep Heart Health Study” avaliaram o risco de AVC em 5.422 participantes, com 40 anos de idade e sem história de acidente vascular cerebral. No início do estudo, os participantes realizaram um teste-padrão de sono, que determinou se tinham apneia do sono e, no caso afirmativo, qual a sua gravidade.

 

Os participantes foram acompanhados durante uma média de nove anos, e nesse período 193 participantes sofreram um AVC: 85 homens dos 2.462 inscritos e 108 mulheres das 2.960 inscritas.

 

Após terem tido em conta vários riscos cardiovasculares, nomeadamente o peso, pressão arterial elevada, raça, tabagismo e diabetes, os investigadores constataram que o efeito da apneia obstrutiva do sono no risco de desenvolvimento de AVC era maior nos homens do que nas mulheres. Para além disso, em comparação com os homens que não sofriam ou que sofriam de apneia obstrutiva leve, os homens que tinham apneia de sono moderada ou grave apresentavam um risco 3 vezes maior de sofrer um AVC. Nas mulheres, no entanto, o aumento do risco de AVC foi significativo apenas para níveis severos de apneia do sono.

 

Os investigadores sugerem que as diferenças entre homens e mulheres podem ser devidas ao facto de os homens serem mais propensos a desenvolver a apneia do sono em idades mais jovens. Assim, tendem a ter apneia do sono não tratada por períodos mais longos de tempo do que as mulheres. Em comunicado de imprensa, a líder do estudo, Susan Redline, revela que "é possível que o risco de AVC esteja relacionado com os efeitos cumulativos da apneia do sono, que influenciam negativamente a saúde durante muitos anos".

 

Os autores do estudo concluem que ele mostra claramente que a apneia obstrutiva do sono é um factor de risco para AVC, especialmente nos homens. "O aumento do risco de AVC nos homens que têm apneia obstrutiva do sono é comparável a um aumento de 10 anos de idade".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.