Apenas um terço dos portugueses protege a saúde visual das crianças

Estudo da empresa IPSOS Health

14 outubro 2007
  |  Partilhar:

 

Apenas um terço dos portugueses protege os olhos das crianças, que estão três vezes mais expostas aos raios ultravioleta do que os adultos, aponta um estudo divulgado a propósito do Dia Mundial da Visão, que se assinalou a 11 de Outubro.
 

 

O estudo, realizado na Alemanha, Itália, Espanha e Portugal, com base em pelo menos mil inquiridos com mais de 18 anos em cada país, revela que 22% dos pais portugueses admitem não efectuar qualquer acção para proteger os olhos dos seus filhos e, no total, apenas 32% dos pais portugueses inquiridos protegem directamente os olhos dos seus filhos.
 

 

O estudo foi encomendado à empresa IPSOS Health por uma multinacional fabricante de lentes de contacto.
 

 

Quanto à utilização de óculos de sol que protegem dos raios UV, apenas 28% dos pais portugueses responderam afirmativamente, sendo que a média dos inquiridos no total dos países é de 41%, atingindo 54% na Alemanha.
 

 

Uma das situações mais preocupantes prende-se com as crianças com menos de cinco anos, já que apenas 24% protegem os olhos dos raios UV (22% utilizam óculos de sol, 1% lentes claras e 1% lentes que escurecem quando expostas aos raios UV, tais como lentes foto-cromáticas).
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.