Apenas medicina alternativa no tratamento de cancro: atenção!

Estudo publicado na revista “Journal of the National Cancer Institute”

16 agosto 2017
  |  Partilhar:
Um novo estudo apurou que os pacientes com cancro curável que escolhem ser tratados apenas com terapias alternativas em vez dos tratamentos convencionais, correm um maior risco de morte. 
 
O estudo conduzido pela Faculdade de Medicina de Yale e pelo Centro do Cancro de Yale, EUA, visou analisar a eficácia da medicina alternativa no tratamento empregue isoladamente no em problemas oncológicos, estabelecendo uma comparação com a terapêutica convencional que inclui a quimioterapia, radioterapia e cirurgia. 
 
Numa altura em que é cada vez maior o interesse dos pacientes com cancro pela medicina alternativa, em vez dos tratamentos convencionais, cria-se uma situação difícil, tanto para os pacientes, como para os prestadores de saúde.
 
No entanto pouco se sabe sobre esta área e a sua eficácia no tratamento do cancro, ao contrário da área dos tratamentos oncológicos convencionais, os quais são considerados como os que oferecem a maior hipótese de cura da doença.
 
Para o estudo, a equipa recrutou 840 pacientes com cancros da mama, próstata, pulmão e colorretal, diagnosticados entre 2004 e 2013.
 
Os investigadores fizeram um estudo comparativo entre 280 pacientes que tinham escolhido as medicinas alternativas e 560 pacientes que tinham recebido um tratamento convencional para a doença, através da análise dos resultados dos tratamentos.
 
Foi apurado que os pacientes que tinham recebido os tratamentos de medicina alternativa apresentavam um maior risco de morte em relação aos dos tratamentos convencionais. Isto verificou-se em todos os cancros estudados. 
 
“Agora temos evidência para sugerir que o emprego das medicinas alternativas em vez dos tratamentos comprovados para o cancro resulta numa pior possibilidade de sobrevivência”, disse o autor principal Skyler Johnsson.
 
“Temos esperança que esta informação possa ser utilizada por pacientes e médicos quando debaterem o impacto das decisões do tratamento para o cancro sobre a sobrevivência”, concluiu.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.