Antropologia: Neandertais e homens modernos podem ter coexistido
17 fevereiro 2002
  |  Partilhar:

Os neandertais primitivos e os homens modernos coexistiram na Europa durante milhares de anos e, possivelmente, compartilharam desenvolvimentos na arte, nas ferramentas e no pensamento, segundo uma nova teoria antropológica apresentada em Boston.
 

 

A hipótese de que os neandertais foram "varridos" da Terra pela chegada do homem moderno já não é sustentável, afirmaram antropólogos no congresso da Associação Norte-americana para o Avanço das Ciências (AAAS), que decorre até terça-feira.
 

 

No entanto, por motivos desconhecidos, esta espécie desapareceu há 25.000 anos e os humanos modernos (Homo sapiens) tornaram-se os senhores da Terra, depois de quase 4,5 milhões de anos de evolução dos hominídeos.
 

 

Geoffrey Clark, um antropólogo da Universidade do Arizona, considerou hoje os neandertais como uma subespécie do Homo sapiens.
 

 

O achado em 1999, em Portugal, dos restos de uma criança, aos quais se atribui uma antiguidade de 24.500 anos, revelou uma combinação de características entre os neandertais e os humanos modernos que só podem ficar a dever-se ao facto de ambas as espécies se terem relacionado profundamente.
 

 

Durante mais de 200.000 anos, a presença do Homo neanderthalensis, cuja designação provém do Vale de Neander, em referência à região alemã onde foram encontrados os primeiros vestígios, foi uma constante na Europa e Médio Oriente.
 

 

A meio desse período, há cerca de 125.000 anos, o homem moderno terá feito a sua aparição em África.
 

 

Os arqueólogos que hoje defenderam em Boston a coexistência dos homens de neandertal com os humanos modernos na Europa recusam a hipótese de que a pujança e maior inteligência do Homo sapiens teriam sufocado uma espécie até aí hegemónica, preferindo falar num "complexo mosaico espacial e temporal de influências mútuas".
 

 

Fonte:
 

Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.