Antitabágico da Pfizer volta a ser avaliado pela FDA

Registados quase duas centenas de acidentes

03 junho 2008
  |  Partilhar:

O fármaco da Pfizer destinado à Cessação Tabágica vai ser novamente avaliado pela Food and Drug Administration (FDA)- a entidade norte-americana que regula a comercialização de fármacos e alimentos - devido aos resultados de um estudo recente onde foi relacionado o uso do fármaco a 173 casos de acidentes, desde o início da sua comercialização nos EUA, em 2006.
 

 

O relatório do Institute for Safe Medication Practices (www.ismp.org/docs/vareniclineStudy.asp), uma organização não-governamental, divulgado na semana passada, relata 173 acidentes diversos, entre os quais 28 acidentes rodoviários e 77 quedas.
 

 

O trabalho também dá conta de 224 episódios classificados como “distúrbios do ritmo cardíaco”. A organização alerta para que o fármaco não seja tomado por profissionais de transportes colectivos, sob risco de ocorrerem graves acidentes.
 

 

Depois de o documento ter sido tornado público, a FDA anunciou que vai analisar cada caso, para verificar a veracidade destes resultados.
 

 

Esta não é a primeira vez que o antitabágico (cujo princípio activo é a vareniclina) é alvo de reavaliações tanto pela FDA, como pela Agência Europeia do Medicamento (EMEA).
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.