Antipsicóticos associados a perda de volume cerebral

Estudo publicado na revista “Archives of General Psychiatry”

15 fevereiro 2011
  |  Partilhar:

Os pacientes com esquizofrenia que tomam medicamentos antipsicóticos parecem perder, ao longo do tempo, uma quantidade pequena, mas mensurável, do tecido cerebral, segundo um estudo da University of Iowa, nos EUA, publicado na revista “Archives of General Psychiatry”.

 

Os cientistas, liderados por Beng-Choon, estudaram 211 pacientes com esquizofrenia que foram submetidos a uma série de exames pouco depois de terem sido diagnosticados com a doença. Cada paciente foi submetido, em média, a três exames de ressonância magnética ao longo de 7,2 anos, com um total de 674 exames. Os autores avaliaram quatro indicadores de mudanças no volume do cérebro ao longo do tempo: duração da doença, o tratamento antipsicótico, a gravidade da doença e o abuso de substâncias.

 

Os pacientes que foram seguidos durante longos períodos de tempo sofreram mais reduções no volume do cérebro. E o tratamento antipsicótico também foi associado com uma menor quantidade de tecido cerebral depois de os cientistas terem controlado outros três indicadores. O tratamento mais intenso com antipsicóticos foi associado com medidas globais da perda de tecido cerebral, redução do volume da matéria cinzenta e declínio progressivo no volume da substância branca.

 

As outras duas variáveis, a gravidade da doença e o abuso de substâncias, não tiveram associação com as alterações cerebrais depois de os investigadores terem em conta os efeitos da duração da doença e o tratamento. Os resultados sugerem a possibilidade de existirem efeitos benéficos na redução da massa cerebral, mas, segundo os cientistas, também existe a necessidade de serem prescritas doses mais baixas. Além disso, os resultados levantam preocupações sobre o uso de antipsicóticos em indivíduos com esquizofrenia, incluindo crianças, idosos e pacientes com transtorno depressivo ou bipolar.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 1
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.