Antioxidantes presentes no café reduzem risco de AVC em mulheres

Estudo publicado na revista “Circulation”

25 fevereiro 2009
  |  Partilhar:

As mulheres que consomem café podem estar mais protegidas contra os acidentes vasculares cerebrais (AVC), revela um estudo publicado na revista “Circulation”.
 

 

O estudo, liderado por Esther Lopez-Garcia, da Universidade Autónoma de Madrid, Espanha, avaliou mais de 83 mil mulheres. Foi verificado que as que bebiam quatro chávenas ou mais de café por dia apresentavam um risco 20% menor de sofrem um AVC, quando comparadas com as que tomavam menos de uma chávena por mês.
 

 

O trabalho indicou que mesmo menores quantidades de café também poderiam ter um efeito protector: duas a três chávenas diárias reduziam o risco em 19%; e uma chávena entre cinco a sete vezes por semana reduziu o risco em 12%.
 

 

A grande surpresa trazida pelo estudo relaciona-se com os efeitos em não fumadoras: o consumo de quatro chávenas por dia conseguia reduzir nas mulheres não fumadoras o risco da doença em 43%, mas entre as fumadoras a redução era de apenas 3%.
 

 

Os cientistas destacaram que os benefícios do consumo de café na redução da doença não provêm da cafeína, mas dos antioxidantes presente no café.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.