Antioxidantes podem ajudar a combater Doenças Neurodegenerativas

Estudo publicado na revista Clinical Investigation

24 janeiro 2007
  |  Partilhar:

Alimentos ricos em antioxidantes, como a fruta e os legumes frescos, podem ajudar a controlar a morte de células cerebrais que caracteriza Doenças Neurodegenerativas como Alzheimer, sugere um estudo liderado por uma cientista portuguesa, publicado na revista norte-americana Journal of Clinical Investigation. A equipa de investigadores do Brigham and Women''''s Hospital, da Harvard University (Boston), liderada por Dora Dias-Santagata, chegou a essa conclusão ao descobrir que o "stress oxidativo", resultante da acumulação de radicais livres, agrava a neurodegenerescência. Em condições normais, o corpo tem capacidade para neutralizar os radicais livres através da produção de antioxidantes. Porém, a poluição e as dietas pouco saudáveis aumentam a exposição aos radicais livres, a que são especialmente sensíveis as células cerebrais. Para responder a esta questão a equipa de cientistas analisou o efeito de níveis diferentes de “stress oxidativo” num modelo de Alzheimer em moscas da fruta (Drosophila). Os cientistas usaram duas vias diferentes para testar os efeitos do “stress oxidativo” nas moscas: por um lado usaram manipulações genéticas para alterar genes responsáveis pela produção de proteínas antioxidantes, e por outro administraram às moscas mutantes vitamina E, um poderoso antioxidante. Descobriram então que a redução da actividade de enzimas com propriedades antioxidantes agravou a morte de células neuronais no cérebro das moscas mutantes, enquanto a administração de vitamina E melhorou a neurodegenerescência. Estudos anteriores já tinham descoberto sinais de “stress oxidativo” no cérebro de pacientes com doenças neurodegenerativas, como Alzheimer, Parkinson ou Huntington, mas não se sabia se eram causa ou efeito da doença. Para o estudo, Dora Dias-Santagata recebeu uma bolsa de pós-doutoramento atribuída pela Fundação para a Ciência e Tecnologia de Portugal. Fontes: Lusa e Imprensa Internacional MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.