Antidepressivos contraem as artérias

Estudo apresentado na reunião anual da “American Cardiology”

04 maio 2011
  |  Partilhar:

O uso de antidepressivos tem sido associado a uma constrição das artérias, que pode conduzir a um maior risco de problemas cardíacos. Num estudo recente, da Universidade Emory, em Atlanta, EUA, verificou-se que essa tendência influencia directamente o risco de enfarte do miocárdio e AVC em homens. O estudo foi apresentado na reunião anual da American Cardiology.

 

Um estudo realizado com gémeos encontrou provas de aterosclerose, medida pela espessura interior da artéria carótida, independentemente do tipo de antidepressivo tomado.

 

O estudo chegou a um número exacto: o uso de antidepressivos causava uma contracção de 370 micra (medida de alta definição usada na medicina) na artéria carótida, o que representa 5% da espessura. Essa média foi obtida da análise de exames a 500 homens norte-americanos de 55 anos de idade, que tomavam antidepressivos.

 

Uma comparação interessante foi feita com 59 pares de gémeos, onde um dos irmãos tomava esses fármacos e o outro não. Aqueles que tomam o medicamento apresentaram uma diminuição de 41 micra a mais, em comparação com os que não tomavam. Os médicos questionaram-se se a diminuição da artéria carótida não era resultado da depressão em si, e não do medicamento. Mas até agora não se encontraram provas de que a depressão seja parte do processo.

 

Em comunicado de imprensa, o líder do estudo, Amit Shaha, refere que a hipótese mais plausível é a de o aumento dos níveis de certas substâncias químicas cerebrais, como a serotonina e a noradrenalina, através do uso de antidepressivos poderem causar a constrição dos vasos sanguíneos, levando à diminuição do fluxo sanguíneo para os órgãos e pressão arterial mais elevada - um factor de risco para a aterosclerose.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.