Antidepressivos com aviso de risco de suicídio em crianças e jovens

Recomendação da Comissão Europeia

28 novembro 2005
  |  Partilhar:

 

As embalagens de medicamentos antidepressivos vão passar a estar à venda acompanhadas de um aviso para os riscos de suicídio e hostilidade nas crianças e jovens que consumam estes fármacos.
 

 

O conselho surge após uma reavaliação do risco potencial de comportamento suicida, associado à administração de medicamentos antidepressivos em crianças e adolescentes, solicitada pela Comissão Europeia ao Comité de Medicamentos de Uso Humano (CHMP).
 

 

A revisão envolve inibidores selectivos da recaptação da serotonina (ISRS) e inibidores da recaptação da serotonina e da norepinefrina (IRSN). Em Portugal, o Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (INFARMED) alertou os médicos e os pais para a nova informação sobre os riscos associados a estes medicamentos. «Apesar da maioria destes medicamentos estar aprovada no tratamento da depressão e ansiedade em adultos na União Europeia, não estão aprovados no tratamento destas situações em crianças ou adolescentes», segundo um comunicado do INFARMED.
 

 

Fonte: Lusa
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.