Antidepressivos aumentam risco de AVC em mulheres idosas

Estudo publicado nos “Archives of Internal Medicine”

18 dezembro 2009
  |  Partilhar:

As mulheres idosas que tomam antidepressivos têm um maior risco de sofrerem um acidente vascular cerebral (AVC) e de morte do que as mulheres que não tomam este tipo de medicação, revela um estudo publicado nos “Archives of Internal Medicine”.

 

Para este estudo, os investigadores da Harvard Medical School, nos EUA, compararam os dados registados ao longo de seis anos, de 5.500 mulheres pós-menopáusicas que tomavam antidepressivos com os de 130.000 que não tomavam este tipo de fármacos.

 

Os investigadores constataram que, quando comparadas com as mulheres que não tomavam antidepressivos, as que tomavam inibidores da recaptação da serotonina tinham um risco 45% maior de sofrerem um AVC e um risco 32% maior de morrerem por qualquer causa. Resultados semelhantes foram encontrados para as mulheres que tomavam antidepressivos tricíclicos.

 

Contudo, os investigadores observaram que o risco global de as mulheres terem um AVC permaneceu baixo. O risco anual de AVC foi de 0,3% para as mulheres que não tomavam antidepressivos e variou entre 0,4 a 0,5% para as mulheres que tomavam”, revelaram os investigadores ao sítio HealthDay.

 

Assim, a decisão sobre a prescrição de antidepressivos na mulher idosa é "uma questão que tem que ser decidida entre a paciente e o seu médico", acrescentou Jordan W. Smoller, líder da investigação.

 

O investigador explicou ainda que "há muitas formas de tratar a depressão", entre elas a psicoterapia e a terapia cognitivo-comportamental, que tem demonstrado ter resultados positivos nos indivíduos que sofrem de depressão, mas "para a depressão grave, a medicação faz muitas vezes parte do tratamento".

 

"Para a maioria das mulheres com depressão grave, os benefícios dos medicamentos ultrapassam os riscos", acrescentou Jordan W. Smoller.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.