Antidepressivo fluoxetina pode amenizar sintomas da síndrome pré-menstrual

Estudo da University of Birmingham

12 outubro 2010
  |  Partilhar:

Pequenas doses do antidepressivo fluoxetina podem amenizar os sintomas da síndrome pré-menstrual (SPM), referem cientistas da University of Birmingham, no Reino Unido.

 

Citada pelo jornal “Guardian”, a neurocientista Thelma Lovick, que apresentou recentemente o estudo no festival de ciência realizado na cidade inglesa de Birmingham, acredita que uma dose diária de dois miligramas de fluoxetina na semana anterior à menstruação pode aliviar os sintomas da SPM - a dose recomendada para o tratamento da depressão é substancialmente superior, cerca de 10 a 20 mg diários.

 

A síndrome pré-menstrual está relacionada com a baixa dos níveis da hormona progesterona durante o final do ciclo menstrual. O que os cientistas verificaram é que o fármaco, conhecido genericamente como fluoxetina, aumenta os níveis dessa hormona. "A progesterona é uma hormona que circula pela corrente sanguínea e chega ao cérebro, onde se transforma em ALLO e é esta mudança na concentração no cérebro que estimula os circuitos nervosos responsáveis pelo comportamento emocional", explicou a cientista ao mesmo jornal.

 

Segundo a investigadora, a ALLO aumenta a actividade do ácido gama-aminobutírico (GABA), principal neurotransmissor inibitório, presente nas partes do cérebro que processam as respostas emocionais, produzindo normalmente efeitos calmantes. Quando os níveis de progesterona e, portanto, de ALLO caem durante a última fase do ciclo pré-menstrual, é desactivado o inibidor natural, ficando a pessoa mais vulnerável às situações de stress, às quais responde com ansiedade e agressividade.

 

Aproximadamente 75% das mulheres sofrem destes sintomas, sendo que em 40% dos casos a SPM pode interferir nas actividades diárias. Cerca de 3% das mulheres sofrem da variante mais grave desta síndrome.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 3
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.