Anticonvulsivo combate células latentes de HIV

Estudo preliminar anunciado na The Lancet

12 agosto 2005
  |  Partilhar:

Através de um pequeno trabalho desenvolvido por uma equipa da McGill University Health Center, Montreal, publicado na revista médica britânica The Lancet, os cientistas administraram Valproato de Sódio durante três meses a quatro pacientes que apresentaram menos de 50 cópias do vírus por mililitro de sangue (durante mais de dois anos) e submetidos a terapia antiretroviral.Os resultados demonstraram uma redução de 75 por cento na infecção por HIV latente, em três dos quatro voluntários. O objectivo dos cientistas com a utilização do Valproato de Sódio foi atingido, uma vez que conseguiram expor o material genético do vírus que se encontrava latente nas células CD4, até aí, inacessível às células do sistema imunitário.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar