Anticoncepcionais orais

Ministério da Saúde avalia a descomparticipação destes medicamentos

31 agosto 2005
  |  Partilhar:

O Ministério da Saúde está a estudar a hipótese de descomparticipar os anticoncepcionais orais, querendo reforçar o acesso através dos centros de saúde, onde são fornecidos gratuitamente.Miguel Oliveira e Silva, ginecologista/obstetra e consultor do INFARMED, explicou ao Público, que a ideia é pôr as mulheres a pagar a pílula por inteiro nas farmácias, “no pressuposto ideal” de que não haverá “rupturas nos stocks dos centros de saúde”. Outro facto em estudo é a possibilidade de manutenção da comparticipação para as jovens com menos de 18 anos para evitar a gravidez na adolescência.O ministro da Saúde, decidiu pedir entretanto um parecer à Direcção-Geral de Saúde (DGS), que acabaria por colocar várias reservas, pois a descomparticipação poderia funcionar como um incentivo à dispensa de ida ao médico para obtenção da prescrição. A especialista da DGS defendeu categoricamente que a pílula não deve ser vendida por sistema sem prescrição clínica, invocado as disposições da OMS, segundo a qual a pílula normal deve obrigar sempre à supervisão de um médico devido às contra-indicações que apresenta.Quem se mantém absolutamente contra a descomparticipação da pílula é Maria José Alves, presidente da Associação para o Planeamento da Família, para quem esta medida "representará um grande retrocesso em termos de saúde sexual e reprodutiva e de planeamento familiar",  temendo que a descomparticipação poderia ser interpretada "como um sinal de que se pode tomar a pílula sem qualquer cuidado médico". Lembrou ainda que: "A Holanda foi o único país onde se tentou fazer isto (há cerca de um ano) e neste momento está fazer um balanço do impacto da medida."Fonte: PúblicoMNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.