Anticoagulante reduz em 31% a recorrência de enfarte

Estudo publicado na revista “Lancet”

22 junho 2009
  |  Partilhar:

O anticoagulante rivaroxabano reduz em 31% a probabilidade de novos enfartes agudo do miocárdio e de morte em pacientes que já sofreram um problema cardíaco prévio, de acordo com um estudo publicado na revista “Lancet”.

 

O estudo liderado pela médica Jessica L. Mega, do Brighams & Women's Hospital, de Boston, EUA, analisou dados de 3.491 pacientes, de 27 países, que tinham sofrido algum tipo de insuficiência cardíaca.

 

Os indivíduos foram colocados de forma aleatória em três grupos de análise. O primeiro deles, o grupo de controlo, foi submetido a um placebo, enquanto os participantes dos outros dois grupos receberam diferentes dosagens de rivaroxabano, de cinco e 20 mg, respectivamente, por via oral.

 

Os investigadores descobriram que o tratamento reduz em 31% o risco de recorrência de enfarte, mas aumenta a probabilidade de hemorragias quando aplicado em doses relativamente altas (2.2 vezes para a dosagem de 5 mg e cinco vezes para a dosagem de 20 mg).

 

O rivaroxabano é um inibidor do factor Xa, directamente relacionado com a capacidade de coagulação do corpo humano, motivo pelo qual é amplamente utilizado para prevenir o tromboembolismo venoso ou a obstrução das veias.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.