Antibióticos para a acne associados a problemas intestinais

Estudo publicado no “American Journal of Gastroenterology”

26 agosto 2010
  |  Partilhar:

Embora os distúrbios intestinais relacionados com tratamento da acne sejam raros, o uso a longo prazo de antibióticos parece duplicar o risco de desenvolver a doença inflamatória intestinal, aponta um estudo publicado no “American Journal of Gastroenterology”.

 


Estudos anteriores já tinham sugerido existir uma ligação entre a toma do fármaco isotretinoína, vendido sob a marca Accutane, e a doença inflamatória intestinal (DII) desenvolvida por um pequeno número de pacientes sob tratamento de acne grave.
Para verificar esta relação, os investigadores analisaram os registos médicos de 94.487 adolescentes e jovens adultos britânicos com diagnóstico de acne, entre 1998 e 2006.

 


O estudo, liderado por David Margolis, da University of Pennsylvania, EUA, verificou que, de facto, a longo prazo a toma de antibióticos parece duplicar o risco de desenvolver DII. Dos 207 casos de DII diagnosticados entre os pacientes do estudo, 152 tomavam um dos três antibióticos baseados em tetraciclina normalmente prescritos, enquanto 55 com DII não realizaram medicação com esta classe de antibióticos.

 


Os fármacos da classe tetraciclinas são os antibióticos mais prescritos nos últimos anos, por serem os mais eficazes no tratamento de acne grave.

 


Os pacientes que tomam fármacos de doxiciclina pareciam ter um risco ligeiramente superior (0,21%) de desenvolver uma DII em relação aos que tomam minociclina (0,17%) ou mesmo tetraciclinas (risco de 0,20%).

 


Dentro das DII, a doença mais associada à toma de antibióticos foi, segundo o estudo, a doença de Crohn.

 


De acordo com os cientistas, embora a doença intestinal como consequência da toma de antibióticos seja um resultado raro, é suficientemente comum para que se tomem medidas para a prevenir e para que se mude a prática clínica, tendo em vista uma avaliação sobre o potencial risco na altura da prescrição do medicamento.

 


ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.