Antibióticos eliminados pelo homem detectados nas águas residuais e dos rios

Estudo da Universidade de Coimbra vence prémio VALORMED 2010

17 março 2011
  |  Partilhar:

Os resíduos dos antibióticos eliminados pelo organismo humano encontram-se nas águas tanto dos rios como nas águas residuais municipais, sendo necessário estudar o seu efeito no ambiente e na saúde do homem, alerta Angelina Pena, investigadora que lidera um estudo sobre o assunto, relembrando que a União Europeia tem legislação que exige a realização de uma avaliação dos riscos potenciais dos medicamentos para o ambiente.

 

O trabalho de investigação coordenado por Angelina Pena, do Centro de Estudos Farmacêuticos da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, foi um dos dois distinguidos com o prémio VALORMED 2010, atribuído pela Valormed e pela Universidade Nova de Lisboa, prémio que pretende promover o desenvolvimento sustentável e a educação em saúde ambiental.

 

O estudo apresenta um trabalho de investigação relativo à monitorização de resíduos de quatro antibióticos do grupo das fluoroquinolonas em amostras de águas do Rio Mondego e de águas residuais de quatro hospitais e da ETAR (Estação de Tratamento de Águas Residuais) de Coimbra, como informa a VALORMED, citada pela agência Lusa.

 

Apesar da "elevada eficiência" das ETAR, com níveis de 90%, "encontramos resíduos deste grupo de antibióticos em quantidades residuais, quer em águas de superfície, quer em águas residuais, municipais e hospitalares", disse Angelina Pena, citada pela agência Lusa.

 

No entanto, os dados detectados "são concordantes com o que se passa em outros países europeus", tanto no que respeita à presença deste grupo de antibióticos no ambiente e em águas residuais e águas de superfície, como também na eficiência das estações de tratamento de águas residuais, explicou a investigadora.

 

"Depois de saber da presença destes fármacos no ambiente, queremos saber qual o possível impacto que podem ter no ambiente e para o homem", apontou Angelina Pena, defendendo a necessidade de continuar os estudos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.