Antibiótico aumenta risco de níveis perigosos de potássio em idosos

Estudo publicado no “Clinical Journal of the American Society of Nephrology”

11 julho 2010
  |  Partilhar:

Os idosos que tomam um antibiótico comum para o tratamento de infecções urinárias estão sob um maior risco de terem níveis de potássio potencialmente fatais, sugere um estudo publicado no “Clinical Journal of the American Society of Nephrology”.

 

Neste estudo, os investigadores do London Health Science Center, no Canadá, analisaram os dados de 300 mil idosos que tomavam medicamentos para o coração conhecidos como “beta-bloqueadores”. Desses, 189 tiveram que ser hospitalizados pois os seus níveis de potássio atingiram valores perigosos depois de eles terem tomado antibióticos para tratar infecções do tracto urinário.

 

Os pacientes que apresentavam maior risco de desenvolver níveis perigosos de potássio, condição conhecida como “hipercalemia”, tinham tomado um antibiótico muito comum, que é uma combinação de trimetoprim e sulfametoxazol.

 

O estudo revelou que, em comparação com os pacientes aos quais tinha sido prescrita a amoxicilina, os que tinham tomado a combinação de trimetoprim e sulfametoxazol tinham um risco cinco vezes maior de desenvolver hipercalemia.

 

Em declarações ao sítio HealthDay, Matthew A. Weir esclarece que o antibiótico em questão “pode diminuir a capacidade do rim de remover o potássio do organismo. Dado que o potássio tem um papel importante na regulação do batimento cardíaco, níveis anormalmente elevados deste elemento podem causar distúrbios fatais no coração”.

 

Contudo, os investigadores admitem que este estudo poderá ter algumas limitações dado que os factores de predisposição dos pacientes não estavam disponíveis e, por outro lado, a administração dos antibióticos não foi aleatória.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A
 

 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.