Anti-inflamatórios podem reduzir risco de Cancro da Mama

Estudo publicado no "Journal of the National Cancer Institute"

13 outubro 2008
  |  Partilhar:

O uso frequente de anti-inflamatórios pode reduzir o risco de cancro da mama até 21%, afirma um estudo publicado na revista científica "Journal of the National Cancer Institute".
 

 

Cientistas espanhóis e canadianos avaliaram dados de 38 estudos (num total de 2,7 milhões de mulheres) sobre a relação entre a doença e o uso de fármacos.
 

 

Ao analisar dados específicos de cada tipo do fármaco, os investigadores identificaram que o uso de ácido acetilsalicílico seria responsável por uma redução de 13%, enquanto o consumo regular de ibuprofeno reduziria os riscos em 21%.
 

 

"Os resultados são encorajadores e podem ajudar-nos a compreender melhor a importância do papel das inflamações na patologia da doença", disse o coordenador do estudo, Mahyar Etminan, da Universidade de British Columbia, no Canadá.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.