Anti-histamínico recomendado a criança sem efeitos sobre sono

Trabalho publicado na revista Archives of Pediatrics and Adolescent Medicine

10 julho 2006
  |  Partilhar:

Um anti-histamínico, geralmente recomendado pelos médicos quando as crianças muito pequenas dormem pouco ou mal, não melhora o sono, segundo um estudo divulgado pela revista Archives of Pediatrics and Adolescent Medicine. O hidrocloreto de difenhidramina, vendido sob os nomes comerciais de Benadryl ou Sominex, é usado frequentemente pelos pais por recomendação médica, embora os seus efeitos ainda não tivessem sido estudados em menores de 2 anos. O médico Dan Marenstein, da Georgetown University, em Washington, e os seus colegas realizaram ensaios com difenhidramina, em 44 crianças, entre os seis e os 15 meses, que dormiam em berços. Administrou-se aos bebés em estudo, ao acaso, doses de difenhidramina ou de placebo, diluídas num líquido com sabor a cereja, trinta minutos antes de irem para a cama, durante uma semana. Os pais informaram sobre as vezes que os filhos acordavam, durante a semana, e fizeram também um diário sobre o sono das suas crianças durante os primeiros 28 dias do estudo. Três dos 22 participantes no grupo que recebeu placebo e um entre os 22 que receberam difenhidramina despertaram menos vezes durante a noite, na semana do estudo. Outras duas famílias, no grupo de placebo, revelaram que tinha melhorado o sono das suas crianças durante a noite, entre quatro e seis semanas depois da experiência. Os resultados deste estudo demonstraram que «na dose usada com maior frequência, a difenhidramina talvez não tenha qualquer papel no tratamento dos problemas do sono dos bebés», concluíram os investigadores. Fontes: Lusa e Imprensa Internacional MNI- Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.