Ansiedade distorce os odores

Estudo conduzido no “Journal of Neuroscience”

01 outubro 2013
  |  Partilhar:

A ansiedade pode fazer com que o cérebro transforme os odores neutros em desagradáveis, criando num círculo vicioso onde o stress é aumentado, sugere um estudo publicado no “Journal of Neuroscience”.
 

Neste estudo os investigadores da Universidade de Wisconsin-Madison, nos EUA, contaram com a participação de dezenas de voluntários os quais visualizaram imagens perturbadores e textos para induzir ansiedade, tendo sido simultaneamente submetidos a uma ressonância magnética funcional.
 

Antes da realização deste procedimento foi dado aos participantes um painel de odores. Após terem visualizado as imagens que mostravam nomeadamente acidentes de carros e cenas de guerra, os voluntários avaliaram de novo o mesmo painel de odores.
 

O estudo apurou que após a indução da ansiedade e stress, os odores anteriormente classificados como neutros transformaram-se em desagradáveis.
 

“Após a indução da ansiedade, os odores neutros tornaram-se claramente desagradáveis. Os indivíduos expostos a uma crescente ansiedade apresentaram uma diminuição da perceção dos odores agradáveis“, revelou, em comunicado de imprensa, a líder do estudo, Wen Li.
 

Durante a realização da ressonância magnética, foi observado que dois circuitos independentes do cérebro se tornaram intimamente ligados na presença de ansiedade. Um dos circuitos está associado com o processamento do olfato e outro com as emoções.
 

Os investigadores verificaram que, em circunstâncias normais, estes dois sistemas tinham uma comunicação limitada. Contudo, perante a ansiedade, este dois circuitos formavam uma só rede. “Durante o processamento típico do odor, habitualmente apenas o sistema olfativo fica ativado. Contudo, na presença de ansiedade, o sistema emocional torna-se parte da via de processamento olfativo”, explicou a investigadora.
 

Os autores do estudo revelaram que a forma como a ansiedade ou stress altera o cérebro, transformando os odores neutros em desagradáveis, cria um círculo vicioso, que pode aumentar o stress e conduzir à ansiedade e depressão.
 

“A ansiedade torna o mundo mais desagradável. No contexto da ansiedade o ambiente tem um odor desagradável. Pode tornar-se um círculo vicioso, tornando as pessoas mais suscetíveis à ansiedade à medida que os efeitos se acumulam”, conclui a investigadora.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.