Anorécticas armazenam gordura nos ossos

Estudo publicado no “Journal of Bone and Mineral Research”

17 fevereiro 2010
  |  Partilhar:

As pessoas com anorexia nervosa têm altos níveis de gordura dentro da medula óssea, alerta um estudo do Children's Hospital Boston, nos EUA, publicado no “Journal of Bone and Mineral Research”.

 

Para o estudo foram analisadas imagens de ressonância magnética dos joelhos de 40 raparigas, com uma média etária de 16 anos: 20 sofriam de anorexia e outras 20 que não apresentavam a patologia.

 

Os cientistas verificaram que os ossos dos joelhos das anorécticas tinham maior conteúdo de gordura - visualizada como medula amarela - e menos de metade do conteúdo de medula vermelha. Os investigadores dizem ter constatado o mesmo nos ossos do fémur e tíbia.

 

Estudos anteriores já tinham observado que, nas pessoas malnutridas, as mudanças hormonais fazem com que as células estaminais da medula óssea se diferenciem em células de gordura em vez de células ósseas. Este facto pode ajudar a explicar por que razão as pessoas com anorexia perdem massa óssea e, por vezes, desenvolvem osteoporose.

 

“A formação óssea é muito baixa nas raparigas com anorexia, e este é um problema particular porque são adolescentes em crescimento, que deveriam estar no auge da capacidade de formação de osso”, alerta a líder da equipa, Catherine Gordon, acrescentando ser um “contra-senso que uma jovem magra com quase nenhuma gordura subcutânea armazene gordura na sua medula”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.