Animal em extinção extingue Homem

Numa ilha da Sibéria, urso mata último habitante

21 outubro 2003
  |  Partilhar:

Uma ilha na Sibéria ficou deserta quando um urso branco matou a última habitante, numa inversão do que habitualmente acontece com as espécies ameaçadas de extinção.Vasilina Alpaun, 25 anos, era a última habitante da ilha de Vrangel, a norte da península de Tchoukotka, na Sibéria, e acabou por ser vítima de um programa de protecção dos ursos brancos.A ilha foi evacuada em 1997 e os seus habitantes transferidos para a península, de modo a criar ali uma reserva de ursos, espécie ameaçada de extinção. No entanto, Vasilina Alpaun decidiu continuar a viver na sua casa e quem acabou extinta foi ela. Os ursos viviam em liberdade na ilha e normalmente mostravam-se pouco agressivos, segundo o director da reserva, Leonid Bove, que não deixa de admitir a possibilidade de ter sido a humana a provocar a ira do animal que a matou.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.