ANIMAL contra "alimentação forçada" na produção de "foie gras"
17 dezembro 2001
  |  Partilhar:

A Associação Nortenha de Intervenção no Mundo Animal (ANIMAL) realizou este fim-de-semana, no Porto, uma acção de sensibilização contra a alimentação forçada de patos e gansos para obtenção de "foie gras", anunciou fonte daquela estrutura.  

 

Durante o período de alimentação forçada, os patos e os gansos vivem em condições exíguas, não podendo praticamente mexer-se, abrir as asas, ter contacto com a água ou procurar comida.  

 

Nestas condições, são obrigados a engolir três vezes por dia uma mistura de milho, gordura e sal, que lhes é introduzida na boca através de um funil acoplado a máquinas eléctricas e pneumáticas, que injectam meio quilo de comida em apenas três segundos, três vezes ao dia.  

 

Este método de alimentação forçada destrói as células do fígado, que aumenta entre seis a dez vezes o seu tamanho natural, garantindo uma maior produtividade.  

 

A Comissão Científica de Saúde e Bem-Estar Animal da UE estudou este método e concluiu que, pela sua crueldade, esta técnica deve ser banida do espaço europeu, aconselhando a indústria a adoptar outras técnicas.  

 

Fonte: Lusa  

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.