Angústia psicossocial aumenta risco de acidente vascular cerebral

Estudo publicado na revista “Stroke”

18 dezembro 2012
  |  Partilhar:

Os indivíduos com mais de 65 anos que sofrem de angústia psicossocial incluindo depressão, stress e uma perspetiva negativa e de insatisfação da vida, apresentam um maior risco de acidente vascular cerebral (AVC), refere um estudo publicado na revista “Stroke”.
 

Neste estudo os investigadores da University of Minnesota, EUA, analisaram a taxa de mortalidade e a ocorrência de AVC em 4.120 e 2.649 indivíduos, respetivamente. Ao longo dos 10 anos do período de acompanhamento, ocorreram 151 mortes resultantes de AVC e 452 eventos associados a este problema, os quais originaram a primeira hospitalização dos pacientes.
 

A quantificação dos problemas psicológicos dos participantes foi obtida com base em quatro indicadores: perceção dos sintomas de stress, insatisfação com a vida, neuroticismo e sintomas depressivos. Os investigadores utilizaram escalas de avaliação, nomeadamente a 6-item Perceived Stress Scale, para determinar a pontuação de cada indicador. As pontuações mais elevadas representavam um maior nível de problemas psicológicos.
 

Os participantes foram também submetidos a entrevistas que abordaram os seus antecedentes médicos, função cognitiva, estado socioeconómico, padrões de comportamento, fatores de risco tradicionais de AVC e características psicossociais.
 

Os investigadores constataram que, em comparação com participantes que não eram tão afetados por este tipo de problemas psicológicos, os que eram apresentavam um risco três vezes maior de morte por AVC e 54% maior de serem pela primeira vez hospitalizados como resultado desta condição. Foi verificado que o impacto destes problemas psicológicos no risco de AVC não diferia entre as raças e género.
 

“As pessoas devem estar atentas ao fato do stress e das emoções negativas aumentaram com a idade. Os familiares devem estar conscientes que estas emoções têm um grande impacto na saúde”, conclui, em comunicado de imprensa, a líder do estudo, Susan Everson-Rose.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.  
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.