Análise do perfil genético do tumor prevê sucesso de tratamento para o cancro

Estudo apresentado na reunião da American Cancer Society

02 junho 2008
  |  Partilhar:

Um gene presente em tumores pode ajudar a prever se os pacientes recém-diagnosticados com Cancro Colorectal, mas em estado avançado, podem beneficiar do tratamento com o fármaco cetuximab, segundo dados divulgados no domingo, na reunião da American Cancer Society, que decorre em Chicago.
 

 

No estudo feito com um subgrupo de participantes de um teste clínico constatou-se que os pacientes com Cancro do Cólon, cujos tumores continham o gene KRAS normal podiam beneficiar significativamente do tratamento com o cetuximab, enquanto os que apresentam o gene KRAS mutado não mostraram benefícios com o tratamento.
 

 

Os resultados demonstram que um exame genético pode ajudar a excluir aproximadamente um terço dos pacientes cujos tumores não poderiam ser combatidos com a ajuda do fármaco, que é dispendioso. Além disso, o exame pode identificar os pacientes com maiores hipóteses de beneficiar do tratamento farmacológico.
 

 

De acordo com os dados divulgados, entre os pacientes que têm o gene KRAS normal, aos quais foi administrado o fármaco em conjunto com Quimioterapia, os resultados revelaram uma diminuição dos tumores em 59,3% dos indivíduos, em oposição aos 43,2% dos pacientes submetidos apenas a Quimioterapia.
 

 

Segundo os cientistas, os resultados foram estatisticamente significativos. No entanto, o fármaco não promoveu melhoras nos pacientes que apresentam o gene KRAS mutado.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.