Análise biológica com sons faz despistagem precoce da esquizofrenia
01 agosto 2005
  |  Partilhar:

 

Investigadores australianos anunciaram hoje progressos no desenvolvimento da primeira análise biológica, que recorre à emissão de sons, para diagnosticar pessoas com esquizofrenia. Segundo cientistas da Universidade de Nova Gales do Sul, em Sydney, uma análise das reacções dos pacientes a sons permitirá realizar diagnósticos e tratamentos mais precoces da doença.
 

 

A equipa australiana notou diferenças entre os encefalogramas de pessoas sãs e de doentes com esquizofrenia quando estavam a ser submetidas à emissão de sons. «Observámos um certo tipo de curvas nas pessoas sãs, que são perturbadas nas pessoas que sofrem da doença», afirmou Philip Ward.
 

 

Acrescentou que estes trabalhos abrem caminho ao desenvolvimento de uma análise precoce e fiável à esquizofrenia através de um electroencefalograma, relativamente pouco dispendioso, mas sublinhou a necessidade da realização de testes clínicos suplementares.
 

 

Actualmente, os psiquiatras identificam esta perturbação através da observação e da discussão com o paciente, mas este processo pode ser longo e demorar por isso o tratamento. A esquizofrenia abrange uma série de perturbações mentais caracterizadas por uma dissociação das percepções sensoriais e emocionais.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.