Análise ao sangue pode indicar artrite reumatóide antes dos sintomas

Estudo publicado na revista “Arthritis & Rheumatism”

10 fevereiro 2010
  |  Partilhar:

Um exame ao sangue pode diagnosticar a hipótese de vir a sofrer de artrite reumatóide muito antes do aparecimento dos sintomas, aponta um estudo publicado na revista “Arthritis & Rheumatism”.

 

O diagnóstico precoce de artrite reumatóide (AR) é extremamente útil dado que quem inicia antecipadamente um tratamento contra a condição tem uma maior probabilidade de conseguir levar uma vida activa, sofrendo menos danos nas articulações.

 

No estudo, os cientistas identificaram várias citoquinas (moléculas moduladoras da proliferação e maturação das células), factores relacionados com as citoquinas e quimioquinas, cujos níveis manifestaram um aumento significativo até 7 anos antes do aparecimento da doença.

 

Neste trabalho, os cientistas analisaram amostras de sangue retiradas a 86 pessoas antes do aparecimento dos sintomas de AR, de 69 logo após o início dos sintomas de AR e de um grupo de 245 pessoas que não apresentavam a doença.

 

As amostras de sangue foram examinadas tendo em vista os níveis de trinta citoquinas, factores relacionados e quimioquinas. O estudo concluiu que a principal diferença entre as pessoas antes e depois do desenvolvimento da condição foi a presença de quimioquinas, citoquinas derivadas das células de estroma (células não sanguíneas derivadas a partir de órgãos do sistema sanguíneo) e marcadores relacionados com a angiogénese.

 

As concentrações elevadas de citoquinas pró-inflamatórias, dos factores relacionados com as citoquinas e das quimioquinas indicam a activação do sistema imunitário antes do aparecimento dos sintomas de problemas nas articulações típicos da AR.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 1 Comentar