Análise ao sangue detecta precocemente cancro colo-rectal

Infogene lança esta semana teste no mercado

03 novembro 2010
  |  Partilhar:

A detecção precoce do cancro colo-rectal pode ser conseguida através de uma simples análise ao sangue, um teste inovador criado por uma empresa que nasceu na Universidade de Coimbra.

 

Hugo Prazeres, director de I&D da empresa Infogene explicou à agência Lusa que o diagnóstico precoce desta doença pode ser obtido a partir de uma amostra de sangue, de cerca de 10 ml, na qual se testa marcadores de ADN específicos que este tipo de tumores liberta para a corrente sanguínea desde os seus estádios iniciais.

 

O serviço “OncoAlert” desta empresa já desenvolveu dois testes, o primeiro um Kit de detecção do HPV em casa, para o cancro do colo do útero, que venceu o grande prémio BES inovação em 2007, e neste momento estão a desenvolver um outro direccionado para o cancro do pulmão, a partir de moléculas do sopro.

 

Estes testes, ao contrário dos testes convencionais, não são invasivos são bem aceites pelas pessoas, o que é particularmente importante no caso das doenças oncológicas, em que a detecção precoce é determinante para a cura, explicou Hugo Prazeres.

 

O responsável refere ainda que o teste para detecção do cancro colo-retal, que é colocado no mercado a um custo de 249 euros, não é definitivo. Quando o teste for positivo serão necessários exames complementares para confirmar o diagnóstico.

 

As formas convencionais de detecção desta doença recorrem à análise de vestígios de sangue ocultos nas fezes e na realização de uma complexa colonoscopia.

 

De acordo com a Infogene, a mortalidade por carcinoma colo-retal tem aumentado progressivamente em Portugal. Registam-se em média 3.300 óbitos por ano. No entanto, se detectada precocemente não é uma doença mortal.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 4Média: 4.8
Comentários 3 Comentar

Detecção de cancro por teste

Não vejo o inconveniente nos testes convencionais. Uma colonoscopia moderna realiza-se em poucos minutos incluindo anestesia, detecção de pólipos e a recolha de biopsias. Não é assim tão complexo. Já a recolha e análise de material para detectar vestígios de sangue oculto, poderá ser incómodo do ponto de vista prático. Se o utente, na maioria das vezes já idoso, não tiver de pagar o teste, este poderá no entanto ser muito útil, uma vez que é muito mais rápido.
Ilídio Lacerda

Análise ao sangue: detecção precoce do cancro colo-rectal

Gostaria de saber se actualmente já é possível fazer esta análise e onde.
Obrigada

Detecção de cancro colo-rectal em análise de sangue

Li a notícia e gostava de estar informada ácerca da substância que é efectivamente medida no sangue e que é "marcador" de cancro colorectal. Aplica-se tanto aos cancros familiares como aos esporádicos?
Obrigada
Leonor Brito

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.