Analgésicos e antipiréticos no top de vendas

Medicamentos não sujeitos a receita médica

05 fevereiro 2010
  |  Partilhar:

Entre Janeiro e Julho de 2009, o mercado de medicamentos não sujeitos a receita médica foi liderado pela venda de "Analgésicos e Antipiréticos", que registaram 24,2% do total das unidades comercializadas no país.

 

Segundo dados do INFARMED (Autoridade Nacional do Medicamento), o paracetamol foi o fármaco mais adquirido pelos utentes em termos de unidades e o óxido de zinco foi o mais vendido em valor.

 

De acordo com o documento, o valor total das vendas de medicamentos não sujeitos a receita médica foi de 12.644.347 euros, correspondentes a 2.777.401 embalagens.

 

A análise dos níveis de preços em 2009 mostra que, relativamente aos medicamentos não sujeitos a receita médica, Viseu e Coimbra são os distritos que apresentam os preços de venda mais baixos. No outro extremo estão os distritos de Bragança e Portalegre.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.