AMI alarga reciclagem de tinteiros e telemóveis

Preservar o ambiente e angariar fundos

13 julho 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

A Fundação AMI - Assistência Médica Internacional alargou a todas as pessoas a campanha de recolha de consumíveis informáticos para reciclagem, instalando em lojas e cinemas pontos de deposição de tinteiros, toners e telemóveis avariados ou em desuso, noticiou a Lusa.
 

 

O projecto não só permite defender o ambiente como «é uma fonte de financiamento para a acção médica, humanitária e social que a AMI desenvolve em Portugal e no mundo», lê-se num comunicado da instituição.
 

 

A campanha decorre desde o início do ano em empresas, mas este mês a AMI decidiu alargá-la a particulares, instalando contentores de recolha nas lojas da PT Comunicações e TV Cabo, nos cinemas Lusomundo, nas agências de seguros Fidelidade Mundial, câmaras municipais e juntas de freguesia.
 

 

A AMI lembra que noutros países é bastante comum a reciclagem destes materiais que, pela sua composição, são «altamente nocivos para o ambiente», contendo pigmentos (no caso dos tinteiros), e pó de toner microfino (no caso dos toner laser).
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.