Amamentação melhora desenvolvimento cerebral

Estudo publicado na revista “NeuroImage”

12 junho 2013
  |  Partilhar:

Amamentação é muito importante para o desenvolvimento cerebral dos bebés. O estudo publicado na revista “NeuroImage” constatou através de imagens de ressonância magnética que a amamentação conduz a um melhor desenvolvimento cerebral do que a sua combinação com leite de fórmula.
 

Este não é o primeiro estudo que sugere que a amamentação é importante para o desenvolvimento cerebral dos bebés. Estudos comportamentais já tinham associado a amamentação a melhores resultados cognitivos em adolescentes e adultos. Contudo, este é o primeiro estudo de imagem que analisou diferenças associadas com a amamentação nos cérebros de crianças muito jovens e saudáveis, referiu o líder estudo, Sean Deoni.
 

Assim, para este estudo os investigadores da Brown University, nos EUA, contaram com a participação de 133 crianças, entre os dez meses e os quatro anos de idade. Todas as crianças tinham um tempo de gestação normal e vinham de famílias com um estatuto socioeconómico similar. Os participantes foram divididos em três grupos distintos: os que foram exclusivamente amamentados durante pelo menos três meses com leite materno, os que foram alimentados com leite materno e leite de fórmula, e os que apenas ingeriram leite de fórmula.
 

As crianças foram submetidas a ressonâncias magnéticas, desenvolvidas por Sean Deoni, as quais analisaram a microestrutura da substância branca do cérebro, o tecido que contém longas fibras nervosas e que ajuda as diferentes partes do cérebro a comunicarem entre si.
 

Os investigadores verificaram que os bebés exclusivamente amamentados, durante pelo menos três meses, apresentavam um maior desenvolvimento em zonas chave do cérebro, comparativamente com aqueles que tinham sido alimentados exclusivamente com leite de fórmula ou com leite de fórmula combinado com leite materno. O crescimento foi mais pronunciado em partes do cérebro associadas à linguagem, função emocional e cognitiva.
 

O estudo também analisou os efeitos da duração da amamentação. Os investigadores compararam os bebés que foram amamentados por mais de um ano, tendo observado um aumento significativo no crescimento do cérebro nos bebés que foram amamentados ao longo de mais tempo - especialmente em áreas do cérebro associadas à função motora.
 

De acordo com Sean Deoni, este estudo combinado com tantos outros, sugere que, de facto, a amamentação é absolutamente benéfica.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 1 Comentar

Estranho...

Não é estranho que uma noticia que favorece a amamentação, tenha a ilustrá-la um bebé a tomar leite por biberão...? No mínimo, desajustado e confuso!

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.