Amamentação exclusiva só até aos quatro meses

Estudo publicado no “British Medical Journal”

18 janeiro 2011
  |  Partilhar:

A introdução de papas aos quatro meses de idade pode prevenir alergias a certos alimentos e a falta de ferro, revela um estudo do Instituto de Saúde Infantil do University College, de Londres, que põe em causa as directrizes das autoridades de saúde britânicas, que recomendam que os bebés só devem começar a comer alimentos sólidos a partir dos seis meses.

 

No estudo, divulgado na última edição do “British Medical Journal” e citado pela agência Lusa, a médica responsável pelo estudo, Mary Fewtrell, entende que, a amamentação exclusiva até aos seis meses faz sentido para os países em vias de desenvolvimento, onde, em muitos casos, o acesso a água potável e a alimentos em bom estado é limitado, o que eleva o risco de morte para o recém-nascido. Mas, segundo reforça, nos restantes casos, é de considerar os bons resultados entretanto obtidos com crianças a quem foram dados sólidos antes de completarem os seis meses de idade.

 

A recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), feita já há dez anos, vai no sentido oposto e defende que as crianças sejam alimentadas exclusivamente com leite materno durante os primeiros seis meses de vida.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.