Alzheimer: odores revelam predisposição para a doença

Limão, menta e couro são alguns dos aromas testados

22 dezembro 2004
  |  Partilhar:

 Limão, menta e couro são três dos 10 odores que podem ser utilizados como testes para identificar se uma pessoa tem a probabilidade de desenvolver problemas como a doença de Alzheimer.A equipa de investigadores da Universidade de Columbia,testou os odores com 150 voluntários em riscosde sofrer distúrbios nas chamadas funções cognitivas como observação, memória e atenção. As pessoas que desenvolveram a doença tiveram um fraco desempenho ao tentar identificar 10 diferentes tipos de cheiros, entre os quais estão ainda os aromas a morango, sabonete, abacaxi e gás natural.Fonte: BBC

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.