Alzheimer: Como as crianças vêem a doença

Associação apresenta projecto no âmbito do Dia Mundial da Criança

28 maio 2002
  |  Partilhar:

«Querida Avózinha», o livro apresentado na terça-feira em Lisboa, foi escrito com o apoio das crianças, mas aborda uma temática relacionada com a terceira-idade. Apresentada pela Associação Portuguesa de Familiares e Amigos dos Doentes de Alzheimer (APFADA), a versão portuguesa do livro «Querida Avózinha» é um surpreendente documento produzido no Luxemburgo, o qual contou com a colaboração da Alzheimer Europe e da Comissão Europeia.
 

 

Trata-se de um projecto inédito que contou na sua elaboração, com o apoio de diversas crianças, netas de doentes de Alzheimer que, com os seus sinceros e sentidos depoimentos, nos ajudam a compreender melhor o dia-a-dia
 

de todos aqueles que sofrem desta doença.
 

 

Numa linguagem fácil e acessível, o livro pretende explicar a Doença de Alzheimer e o seu impacto na vida do familiar do doente a crianças dos 8 aos 10 anos.
 

 

Estima-se que em Portugal existam cerca de 60 mil pessoas com a Doença de Alzheimer, uma doença do cérebro de causa desconhecida, de instalação insidiosa com agravamento progressivo, lento e irreversível, que afecta predominantemente as funções intelectuais.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.