Altos níveis de cortisol aumentam risco de recaída na recuperação de alcoólicos

Estudo publicado na revista “Alcoholism: Clinical & Experimental Research”

25 novembro 2010
  |  Partilhar:

Altos níveis de cortisol (uma hormona que induz o stress) podem aumentar os riscos de recaída em pacientes alcoólicos em fase de recuperação, aponta um estudo publicado na revista “Alcoholism: Clinical & Experimental Research”.

 

Cientistas da University of Liverpool, no Reino Unido, verificaram que o cortisol, uma hormona produzida pela glândula adrenal em resposta ao stress, está presente, em níveis elevados, em alcoólicos que se encontrem numa fase crónica da doença, ou em recuperação.

 

De acordo com os cientistas, em comunicado enviado à imprensa, estes níveis elevados podem prejudicar a memória, atenção e a tomada de decisões, diminuindo a capacidade de cumprir o tratamento de recuperação.

 

O alcoolismo crónico é uma doença incapacitante, caracterizada pelo consumo compulsivo e descontrolado de álcool apesar dos efeitos negativos que provoca na saúde, nas relações familiares, laborais e sociais.

 

Se, por um lado, o álcool provoca danos sobre quase todos os órgãos do corpo, incluindo o cérebro, onde conduz a perda de memória e prejudica a tomada de decisões e a atenção; o cortisol tem um papel importante na regulação da emoção, aprendizagem, atenção, a utilização da energia e do sistema imunitário. O estudo, liderado por Abi Rose, verificou que os níveis elevados dessa hormona estão presentes nos pacientes alcoólicos e continuam a ser elevados durante a abstinência do álcool, mesmo que seja prolongada.

 

"A retirada do álcool pode afectar a função de cortisol nos humanos e os elevados níveis de cortisol observados durante a abstinência de álcool podem contribuir para as altas taxas de recaídas relatadas na dependência do álcool, mesmo depois de muitos meses de abstinência. Os medicamentos que controlam os efeitos do cortisol no cérebro podem reduzir as hipóteses de recaída", considerou a autora do estudo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.