Alimentos deveriam ser rotulados com atividade física proporcional às calorias

Argumenta uma especialista no “The BMJ”

12 abril 2016
  |  Partilhar:

Os alimentos deveriam conter informação relativamente ao exercício necessário para despender as calorias ingeridas de forma a ajudar as pessoas a alterarem os seus comportamentos, defende uma especialista no “The BMJ”.
 

A chefe executiva da Sociedade Real de Saúde Pública, no Reino Unido, defende que fornecer aos consumidores uma ligação imediata entre o conteúdo calórico dos alimentos e a atividade física poderia ajudar a reduzir a obesidade.
 

“Necessitamos desesperadamente de iniciativas inovadoras para alterar o comportamento ao nível da população”, referiu, em comunicado de imprensa a especialista. Ainda existem poucas evidências de que as informações atuais presentes nas embalagens dos alimentos e bebidas, incluindo o código de cores, altere de facto o comportamento.
 

A Sociedade Real de Saúde Pública defende assim a introdução da atividade necessária para queimar as calorias ingeridas. Os símbolos presentes nas embalagens alimentares poderiam mostrar os minutos que seriam necessários praticar por diferentes atividades físicas para que as calorias ingeridas fossem despendidas.
 

"O objetivo é fazer com que as pessoas fiquem mais conscientes das calorias que consomem e como essas calorias estão relacionadas com atividades quotidianas, e incentivá-las a serem mais ativas fisicamente”, referiu, em comunicado de imprensa, Shirley Cramer.
 

A maioria das pessoas acha que a atual informação presente nas embalagens alimentares é confusa. Mais de metade da população alteraria os seus comportamentos se visualizasse as informações relativas à atividade física necessária para queimar as calorias ingeridas, incluindo a escolha de alimentos saudáveis, ingestão de quantidades mais pequenas ou prática de mais exercício físico. Todas estas medidas poderiam ajudar a conter a obesidade.
 

A especialista refere que para queimar, por exemplo, as calorias presentes numa lata de um refrigerante um indivíduo de meia-idade e peso normal teria de andar cerca de 26 minutos. “Dada a sua simplicidade, a presença da atividade física equivalente às calorias fornece uma referência percetível que é acessível para todas as pessoas”, disse.
 

Shirley Cramer conclui que a presença de informação nas embalagens alimentares de modo a promover um estilo de vida saudável pode ser “uma solução lógica para um problema multifacetado, e os benefícios de uma vida ativa vão muito além de poder manter um peso saudável”.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.